Buscar

Quais métricas podem apoiar o escritório de advocacia a reduzir custos?


Os KPIs, indicadores de desempenho, podem auxiliar um escritório de advocacia a manter clientes e equipe mais satisfeitos. Além disso, traz vários outros benefícios. Quer saber quais são as principais métricas que um advogado sócio precisa conhecer em busca desses resultados? Vale a pena ler este artigo!


As métricas são muito importantes para os escritórios jurídicos. KPIs (do inglês Key Performance Indicator) como satisfação do cliente, gestão do conhecimento e envolvimento dos colaboradores são indicadores de desempenho importantes para um escritório de advocacia que busca crescimento sustentável com aumento de produtividade da equipe, redução de custos e aprimoramento dos serviços prestados ao contratante.

No entanto, é fundamental saber quais métricas levar em conta de fato, tanto em comparações com situações internas e externas a fim de estudar oportunidades de aprimoramento. Para facilitar essa avaliação, este artigo traz as principais medições que você precisa conhecer.

Quais critérios levar em conta para medir o desempenho interno do escritório de advocacia?


Não existe uma lista fixa das métricas que devem ser implementadas. É necessário estabelecer esses parâmetros levando em conta o perfil e as necessidades do escritório. Entre os principais aspectos a serem avaliados estão:


Gestão do conhecimento


Coletar e organizar conhecimentos obtidos torna a equipe do escritório de advocacia muito mais eficaz. Assim, é possível compartilhar informações sobre casos enfrentados com frequência.

É interessante investir em um banco de dados, por exemplo. Isso mantém experiências vivenciadas pela empresa ainda que os profissionais que passaram por elas não estejam presentes.


Carga de trabalho e performance dos profissionais


Medir a média de gastos e quanto tempo cada caso se mantém aberto são apenas dois dos KPIs que colaboram para que seja possível avaliar a carga e a performance de cada profissional.


Envolvimento dos colaboradores


A adesão do advogado e outros profissionais da equipe ao time é algo que precisa ser avaliado. É possível elaborar critérios variados para definir o grau de participação e produtividade de cada membro ao longo do tempo.

Isso é importante para que o escritório de advocacia detecte possíveis pontos de melhoria no relacionamento com todos os colaboradores e também é um modo de decidir em quais talentos deve investir.

E os critérios para verificar o desempenho externo?

Embora também não haja regras e métricas fixas a serem observadas em todas as situações, algumas são interessantes para a maioria dos casos. Confira-as a seguir:


Satisfação do cliente


Manter clientes satisfeitos é a principal maneira de cultivá-los e até mesmo abre portas para a atração de novos contratantes. Por isso, é interessante desenvolver métricas que permita ao escritório de advocacia entender a avaliação que se tem dele.

Constatar pontos possíveis de melhoria, principalmente quando o aborrecimento é ainda incipiente, é um diferencial que antecipa e soluciona com antecedência eventuais desafios maiores.


Desenvolvimento e captação de negócios


Entender o que é mais importante para a conquista de clientes, como o custo do marketing, é essencial para descobrir como fazer novos investimentos com sucesso.

Também é interessante analisar outras métricas, como o crescimento de cada cliente e oportunidades de venda cruzada. Com esses dados, é provável que insights sobre novas oportunidades surjam.


Operações do escritório de advocacia


Muitos fatores envolvem o dia a dia com clientes, de ações de marketing jurídico a admissão de colaboradores especialistas em determinadas áreas. É necessário saber de modo objetivo quais são os investimentos feitos para que o escritório tenha sucesso na obtenção e continuidade de contas, como horas faturáveis, taxas e recuperação de custos.

Assim, encontrar gargalos que sejam obstáculos a uma boa gestão e redução de custos são mais facilmente identificados e corrigidos.


Previsão de gastos com orçamento


Prever e controlar gastos em escritórios de advocacia ajuda a dar previsibilidade aos aportes necessários para a manutenção das atividades e até mesmo contribui para melhor uso dos recursos disponíveis.


Legal One descomplica organização dos dados


O advogado-sócio de um escritório que quer trabalhar essas métricas, tem uma tarefa árdua pela frente, porém pode optar pelo uso de soluções tecnológicas, uma vez que são muitos dados a coletar e eles devem ficar disponíveis para comparação. Por isso, vale aproveitar os benefícios que a transformação digital no Direito proporciona.

Uma delas é o software jurídico Legal One, da Thomson Reuters. Com ele, é bem simples a elaboração de relatórios, por exemplo. Afinal, todos os dados ficam armazenados em um só lugar, com fácil consulta.

Além disso, a aplicação roda totalmente em nuvem, para que as informações sejam acessadas a partir de qualquer lugar com acesso à internet.


Texto retirado do site da Thomson Reuters