Buscar

Posicione seu escritório de advocacia para ter sucesso em um novo mercado


O seu escritório de advocacia pode fornecer aos clientes os serviços que eles demandam? Você até pode pensar que sim, ainda mais levando em conta sua expertise.

Porém, no mercado jurídico de hoje, apenas esse atributo não é mais suficiente. Existem muitos escritórios que podem dizer o mesmo. Mas, fora algumas especialidades, o setor é predominantemente um mercado de commodities.


Se o seu escritório de advocacia tem ambições de ganhar trabalho de grandes clientes, você precisa fazer mais para se destacar e fornecer os serviços de que essas organizações precisam. Para conquistá-las, você tem que ser capaz de provar seu valor.


Hoje em dia, os grandes clientes estão cada vez mais sob pressão para manter seus próprios custos baixos. E eles precisam de parceiros legais que possam ajudá-los a fazer exatamente isso.


Como, então, cumprir esse objetivo? É o que você descobre ao ler este post.


Escritórios de advocacia de todos os tamanhos podem competir igualmente


A boa notícia é que o seu escritório de advocacia não precisa ser um gigante para conseguir bons clientes. Mas provavelmente você precisará encarar o mercado jurídico e fazer negócios de forma diferente do que antes.


Para manter o sucesso, os escritórios jurídicos precisam cultivar uma compreensão mais profunda das necessidades de seus clientes hoje, criando uma relação colaborativa. Você não pode presumir que tudo o que precisa fazer para atrair e manter negócios é divulgar seus conhecimentos.


Mercado jurídico: o que os clientes jurídicos de hoje querem?


Os clientes de hoje desejam que seus representantes legais forneçam um trabalho transparente da mais alta qualidade. Nada de novo aí. A novidade é que esses clientes também querem valor a partir de seus gastos legais. Os escritórios jurídicos que buscam manter ou agregar negócios lucrativos precisam ser capazes de demonstrar que seus serviços geram valor ao trabalho do próprio cliente.


Aqui está um exemplo que vem do relatório 2020 State of Corporate Law Departments da Thomson Reuters. A pesquisa do relatório descobriu que cada vez mais departamentos jurídicos corporativos estão buscando seus escritórios de advocacia externos para serem mais flexíveis em seu faturamento.


Dessa forma, eles podem gerenciar melhor seu fluxo de caixa de curto prazo. Em outras palavras, os clientes de hoje estão solicitando que os prestadores de serviços jurídicos trabalhem com eles para gerenciar e reduzir suas próprias despesas.

Os clientes procuram escritórios jurídicos que possam atuar como parceiros em seus negócios, qualquer que seja esse negócio. Eles precisam de uma empresa que possa responder de forma rápida e ágil às suas necessidades, especialmente à medida que elas mudam.


Ser um prestador de serviços ágil provavelmente exigirá que seu escritório de advocacia se familiarize com mais de uma área do mercado jurídico. Não se engane: ter uma especialidade ainda é importante para posicionar-se bem no mercado.

Mostrar que você pode adicionar outra área de especialização quando um cliente precisar pode posicionar seu escritório de advocacia para ganhar clientes maiores. Em um esforço para ajudar a manter as despesas baixas, um cliente prefere lidar com apenas um escritório de advocacia do que com vários.


E se o seu escritório de advocacia não fornecer o valor exigido?


O histórico do seu escritório de advocacia pode render um grande cliente lucrativo. Mas se esse cliente descobrir que você não pode fornecer a variedade e a qualidade de serviços necessários a um preço que está disposto e pode pagar, ele seguirá em busca de outro fornecedor e rapidamente.


Os clientes encontrarão outro escritório de advocacia ou talvez recorrerão a um provedor de serviços jurídicos alternativo. Isso sem dizer da possibilidade de tornar esse serviço interno.


Ou seja, o seu escritório de advocacia terá perdido uma grande oportunidade. E no mercado competitivo de hoje, essa perda pode custar negócios adicionais no futuro.


Como manter-se competitivo no mercado jurídico?


Como observamos anteriormente, a prática da lei tornou-se um mercado de commodities. Os escritórios jurídicos que conhecem as demandas dos seus clientes e o que seus concorrentes têm condições de oferecer podem se posicionar como os parceiros de que os clientes precisam.


Se o seu escritório de advocacia puder oferecer esse tipo de parceria, ele se posicionará para aproveitar as novas oportunidades que o mercado jurídico em constante mudança oferece.


Post retirado do site da Thomson Reuters