top of page
Buscar

Como a análise de dados beneficia o seu escritório de advocacia?


Descubra como a prática jurídica Data-driven traz mais eficiência e resultados para o seu negócio.


A prática jurídica nos escritórios de advocacia ainda é muito mais voltada para a técnica de se resolver demandas através das fontes do Direito. Mas o que a maioria dos advogados não se dá conta é que trabalhar apenas desta forma já não é mais suficiente para o seu sucesso.


Hoje, o bom desenvolvimento de um escritório requer um pensamento voltado ao negócio como um empreendimento. Desta forma, é fundamental que seus gestores conciliem o conhecimento técnico com uma boa administração.


Por isso, além das atualizações jurídicas, é importante que se traga para a prática a dinâmica dos negócios, a fim de se gerar uma receita permanente. Entretanto, para alcançar este objetivo, é necessário planejamento e estratégia. E contar com o uso de tecnologias jurídicas e ferramentas de gestão podem fazer a diferença neste processo.


Além disso, adotar uma prática voltada ao Direito Data-driven pode colocar o seu escritório à frente da concorrência e em direção ao crescimento exponencial. Afinal, escritórios de advocacia e departamentos jurídicos bem-sucedidos já conhecem o valor dos dados jurídicos para as definições estratégicas e tomadas de decisão do negócio – e os profissionais que não acompanharem esta tendência, ficarão para trás.


Mas, afinal, o que é uma prática jurídica Data-driven?


Data-driven consiste no ato de tomar decisões com base na análise e interpretação de dados, essenciais no desenvolvimento de negócios dos mais variados segmentos – ainda que no mercado jurídico, este conceito seja pouco explorado.


E embora o Direito gere e armazene enormes quantidades de dados, os advogados ainda não conseguem ver como essas informações valiosas podem se transformar em crescimento e lucratividade para seus estabelecimentos.


Afinal, faz pouco tempo que os escritórios de advocacia descobriram a importância de ligar a análise de dados aos conhecimentos técnico e prático do Direito. Assim, torna-se evidente que os dados podem ser aproveitados não apenas para medir o desempenho, mas também identificar problemas e realizar um planejamento estratégico para o futuro.


Ademais, os dados possuem alto valor, tendo em vista o retorno que essas informações geradas podem trazer a quem souber usá-los.


O valor dos dados internos


Ao identificar e utilizar efetivamente os dados internos, os escritórios de advocacia conseguem reconhecer gargalos que podem estar prejudicando a sua gestão. Com os dados necessários, seus gestores possuem informações e ferramentas suficientes para resolvê-los da forma mais prática.


Além disso, os dados internos também podem ser importantes na busca por oportunidades e resultados, onde o gestor pode otimizar os procedimentos do escritório de advocacia, gerando mais rendimentos com menos custos.


O valor dos dados externos


Os dados externos também têm muito valor para os escritórios de advocacia, já que auxiliam na análise do comportamento das pessoas e nas decisões de comarcas e tribunais, além de identificar teses e tendências jurídicas promissoras que possibilitam a criação de estratégias processuais mais eficazes, como, por exemplo, a análise das decisões de uma determinada comarca, que contribui na identificação de como o juiz tende a decidir em um caso parecido com o seu – ou, ainda, qual o seu entendimento sobre aquele caso. Tudo isso pode ajudá-lo na hora de montar a sua ação ou recurso para que ela seja trabalhada da melhor forma.


Oportunidades de crescimento


Agora, se você planeja expandir o seu escritório de advocacia, é necessário um planejamento estratégico para que este crescimento ocorra de modo proporcional.


Para isso, é importante analisar relatórios de desempenho internos para avaliar a saúde da sua gestão e, assim, criar perspectivas para seu crescimento. Ou seja, com a análise de dados, é possível realizar o reconhecimento de padrões para obter uma previsão futura, que te permite estimar a probabilidade de novas teses para o escritório, incluindo quais áreas do Direito crescerão e quais terão menor procura.


Assim, com essas informações, você pode tomar decisões mais estratégicas para alavancar tendências e manter o seu escritório sempre em evidência no mercado jurídico. Comece a planejá-lo agora mesmo.


Texto retirado do site da Thomson Reuters

Comentarios


bottom of page