top of page
Buscar

A Ciência de Dados no Direito


O que é a Ciência de Dados e como usar desta técnica para melhorar a sua prática jurídica.


A cultura Data Driven está em constante crescimento e tornando-se cada vez mais importante em diversas áreas, incluindo a jurídica. E com essa crescente de informações e implementações de inovações tecnológicas, os profissionais do Direito podem usar da análise de dados para obter insights valiosos sobre seus casos e clientes.


Neste artigo, abordaremos alguns pontos importantes sobre a Ciência de Dados e como ela pode ser aplicada à sua prática jurídica.

O que é Ciência de Dados?

É o estudo dos dados para extrair insights significativos para o negócio – além de ser uma área multidisciplinar, composta por métodos estatísticos, matemáticos e computacionais. Seu principal objetivo é analisar, interpretar e visualizar dados de diversas fontes, a fim de identificar padrões e tendências para auxiliar nas tomadas de decisões.

O que é um Cientista de Dados Jurídico?

É o profissional que tem como objetivo unificar o Direito e a tecnologia. Ou seja, seu trabalho acontece a partir da coleta, armazenamento e tratamento de dados, com o intuito de transformar todas essas informações em inteligência de negócio. Segundo o portal Ciência e Dados, entre os conhecimentos multidisciplinares necessários, o Cientista de Dados precisa saber:

  • Business (gestão de projetos, design e desenvolvimento de produtos etc.)

  • Estatística (gestão de dados, data mining, modelagem de dados etc.)

  • Matemática

  • Tecnologia (big data etc.)

  • Programação e administração de sistemas.

É claro que, dentre essas habilidades, depende muito do tipo de Cientista de Dados que você quer se tornar. Enquanto temos habilidades comuns, também podemos encontrar algumas bem nichadas, que irão variar conforme suas necessidades e funções.

A Ciência de Dados na Prática Jurídica

A Ciência de Dados pode ser aplicada em diversas formas na prática jurídica, sendo elas:

Identificação de padrões e tendências

A partir da análise de dados jurídicos, podemos extrair insights valiosos sobre comportamentos e tendências de juízes, tribunais e advogados em casos de determinadas temáticas, podendo, assim, tomar decisões mais assertivas e estratégicas. Dentro da identificação desses padrões, também podemos descobrir possíveis riscos, fraudes e até mesmo prever possíveis resultados e determinar se é mais desejável buscar um acordo ou não.

Análise de contratos

A Ciência de Dados pode ser aplicada para análise de contratos, a fim de identificar riscos e oportunidades, facilitando a negociação de termos contratuais. Pode ser muito útil em contratos complexos, como contratos de fusão e aquisição ou contratos financeiros, por exemplo.

Identificação de oportunidades de negócios

Além de todos esses fatores, a Ciência de Dados pode ser utilizada para identificar oportunidades de negócios ou até mesmo captar novos clientes. Por exemplo, uma análise de dados pode ajudar a identificar setores em crescimento ou identificar concorrentes que estão perdendo espaço no mercado.

Como usar os dados a seu favor?

Com a crescente da cultura Data Driven, os profissionais do Direito precisam, cada vez mais, entender sobre Ciência de Dados, a fim de se manterem relevantes perante o mercado de trabalho que se encontra cada vez mais competitivo. Se você quer se tornar um advogado com diferencial competitivo no mercado, atente-se a esses pontos:

  1. Entenda os princípios básicos da Ciência de Dados (análise de dados, estatística, aprendizado de máquina e visualização de dados).

  2. Busque por ferramentas que irão te auxiliar nessa jornada (o Legal One Analytics é uma delas).

  3. Saiba identificar padrões e tendências.

  4. Utilize os dados ao seu favor quando for realizar suas estratégias jurídicas.


A área pode até parecer complexa, porém existem muitas ferramentas para auxiliar os profissionais do Direito que querem se destacar. Afinal, a Ciência de Dados é muito abrangente e oferece diversos cenários e benefícios para os profissionais do Direito que buscam por melhores resultados, seja para proporcionar um melhor entendimento dos casos e clientes ou para tomar decisões baseadas em dados, oferecer melhorias no atendimento e muito mais.

E com o Legal One Analytics, você pode usufruir de templates prontos, organizar a gestão conforme as verticais de conhecimento jurídico, editar, criar e compartilhar seus próprios indicadores e dashboards.


Texto retirado do site da Thomson Reuters

bottom of page