Buscar

5 motivos para atualizar a tecnologia do seu escritório de advocacia


Neste artigo, apresentamos os 5 sinais de que o seu escritório de advocacia tem que implementar a transformação digital. Leia agora mesmo!


A transformação digital é um fato. Os millennials estão se tornando sócios e os GenZers estão sendo contratados como associados. Os escritórios de advocacia, provavelmente, estão percebendo uma desconexão entre a maneira como seus advogados desejam trabalhar e as ferramentas disponíveis para apoiá-los.


Para saber se você está nessa situação, apresentamos cinco sinais de que já é hora de atualizar seu kit de ferramentas de tecnologia legal.


Continue lendo o artigo!


1. A única maneira de os advogados iniciarem um novo projeto é perguntando ao advogado no final do corredor


Os advogados confiam há muito tempo em mecanismos de pesquisa e em seus colegas para ajudá-los a enfrentar novos desafios. Mas hoje em dia, os colegas que já estiveram no corredor podem estar em home office ou enterrados em seu próprio trabalho.


Alguns fornecedores de tecnologia legal anteciparam esses desafios. Eles desenvolveram ferramentas que funcionam tão facilmente quanto fazer uma pergunta a um colega ou a um motor de busca. Com a grande diferença de que essas ferramentas fornecem respostas muito mais poderosas nas quais você sabe que pode confiar.


O advogado do futuro se beneficia de uma tecnologia que oferece informações e conhecimentos altamente selecionados por profissionais experientes. Dessa forma, você pode lidar com novos tipos de problemas com segurança e continuar fornecendo um serviço excepcional.


2. Tem que recusar novos casos porque você não possui capacidade ou habilidade


É difícil prever picos de demanda, mas quando eles ocorrem os clientes desejam suporte rápido. A digitalização mudou. De tal modo, os consumidores também se adaptaram à oferta virtual de serviços e têm expectativas de qualidade e agilidade na solução de seus problemas jurídicos.


Ter fácil acesso ao conhecimento e à sabedoria de profissionais do direito com grande experiência é o que faz toda a diferença para um advogado poder dizer sim a mais questões, mesmo quando estão fora de suas especialidades.


Com a transformação digital e as novas possibilidades das ferramentas tecnológicas, os escritórios de advocacia têm os recursos para inspirar confiança em um cliente, mesmo quando o assunto apresenta algumas incógnitas.


3. Aposentadorias e movimentos laterais estão chegando, e você não tem um bom plano de transferência de conhecimento institucional


Estudantes de direito aprendem a pensar como advogados. Novos associados têm disposição e conhecimento para substituir seus colegas se for necessário. Eles podem até aprender as etapas e ferramentas específicas para concluir cada problema de forma eficiente e consistente.


Mas, se todo esse conhecimento não for sistematizado em nenhum lugar e os novos profissionais ainda aprenderem novas habilidades apenas conversando com um advogado sênior? Isso pode ser um problema para empresas em transição.


A rotatividade de profissionais no escritório de advocacia é menos prejudicial quando a sabedoria e os processos são documentados e mapeados. Novas ferramentas de tecnologia jurídica, como mapas de assuntos interativos, ajudam os advogados a executar novas tarefas, em vez de inventá-las durante o processo.


4. Seus clientes estão reduzindo os custos de faturamento


Com a recuperação da economia, os clientes corporativos estão analisando novamente as questões jurídicas estratégicas, considerando as demandas com maior probabilidade de incluir consultores externos. Mas eles estão examinando atentamente as contas de serviços que julgam que não precisam pagar.


Por exemplo, quando um associado está começando ele demora mais para fazer o mesmo trabalho dos advogados de nível superior. Isso é geralmente considerado parte da sua formação. Porém, o cliente não quer pagar pela formação dos advogados, ele quer um serviço de qualidade.


Nesse contexto, os escritórios de advocacia precisam de soluções que os ajudem a enfrentar novos desafios com rapidez e agregar valor a cada minuto faturável.


Ferramentas baseadas em tecnologia podem ajudar novos associados a começar com o pé direito e entregar serviço faturável com mais rapidez. Por sua vez, isso economiza dinheiro para os clientes, o que os mantém felizes.


5. Seus advogados precisam de mais flexibilidade, mas seus sistemas dependem de muito esforço manual


O número de advogados que querem trabalhar remotamente pelo menos um dia da semana está aumentando a cada dia no mercado jurídico. As empresas que desejam reter seus talentos e atrair novas contratações certamente terão que oferecer opções de trabalho pelo menos híbridas, se não completamente remotas.


A tecnologia legal pode ajudar a habilitar esse trabalho remoto contínuo, com soluções baseadas em nuvem e ferramentas de colaboração e investigação baseadas em inteligência artificial (IA) que reduzem o esforço manual.


Texto retirado do site da Thomson Reuters